Turismo cultural: Cantora Anne-Sophie Guerrier (en)canta Montmartre! por Duda Tawil

Turismo cultural: Cantora Anne-Sophie Guerrier (en)canta Montmartre!

Duda Tawilpor Duda Tawil (texto e  fotos)

Uma visita original, mágica, emocionante e diferente de tudo é o que propõe a jovem cantora de 28 anos, Anne-Sophie Guerrier, para o turista que deseja visitar o pitoresco e boêmio bairro de Montmartre, no 18⁰ distrito da Cidade Luz, com suas ruelas, escadarias, esquinas, flores, monumentos emblemáticos retratados nos quadros de tantos pintores mundialmente conhecidos, e a sua famosa colina encimada pela Basílica do Sacré-Coeur. O tour temático e cancioneiro se chama “Montmartre en Chansons” – Montmartre em Canções.

Boêmio à noite, de dia Montmartre é um bairro bucólico, arborizado, como criar uma loja virtual com muitas escadarias por todos os lados e o famoso plano inclinado.

É um turismo absolutamente artístico, inventado em plena pandemia e proposto há quase um ano por esta francesa nascida na cidade de Rouen, na Normandia, que chegou a Paris aos 18 anos de idade. Formou-se em 2018 na Escola de Comércio, Finanças e Marketing, porém apaixonada pela música e pela capital francesa. Como seu sobrenome indica, uma guerreira! Ao mesmo tempo, frequentou o Curso Florent, famosa e respeitada escola de artes cênicas. Ainda como estudante, fez uma parte do caminho de Santiago de Compostela, tornou-se cantora credenciada pelo metrô de Paris – aqui é verdadeira profissão, com carteira e tudo mais – porém com a pandemia esses artistas ficaram um ano e meio sem poder cantar nas estações. Ela teve como professor e seu mestre Éric Tavelli, formado na escola da Ópera de Paris, e no Conservatório Nacional Superior de Música, assim como por grandes tenores tais quais Luciano Pavarotti e Franco Corelli. O destino estava traçado para hoje esta cantora profissional da chanson française.

No percurso de duas horas no qual não sentimos o tempo passar, viajando nas canções por nossas lembranças, Anne-Sophie explica obras de arte pelo caminho, para em esquinas, conta anedotas, lendas, curiosidades, fatos históricos, sobretudo dos seus famosos cabarés, os muitos de ontem e os dois de hoje, tudo isso entremeado por lindas músicas, algumas bem conhecidas, verdadeiros clássicos, outras menos. LIRE LA SUITE